Professor recebe título de doutor 


Postado por Estela Capra em 29/05/2017



   DP/ADAP - 1º semestre 2018

        09/02/2018


   Horário de atendimento das FIJ

        06/02/2018


   Integradas firma parceria internacional

        05/02/2018


   Psicologia das FIJ ajuda candidatos em competição

        23/01/2018


   Faculdades Integradas têm vestibular agendado no dia 16

        15/01/2018



O professor das Faculdades Integradas de Jaú, Paulo Fernando do Nascimento Afonso, defendeu sua tese de doutorado com tema “Avaliação econômica de plantio de cana-de-açúcar na região de Jaú”, na semana passada, dia 24 de maio, na Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Botucatu.

 

A pesquisa, inédita para o setor, analisou economicamente o ciclo da formação do canavial, a formação de viveiros e os vários sistemas de plantio, incluindo novas tecnologias como o transplantio.

 

Participaram do trabalho a professora do departamento de economia da Unesp, Maura Esperancini, e o pesquisador da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta), Glauber Gava.

 

Paulo pretende continuar a pesquisa e iniciar o pós-doutorado. “Tenho interesse de comparar outras tecnologias ainda”. Paulo Afonso é professor dos cursos de Administração, Ciências Contábeis e Publicidade e Propaganda nas FIJ.




Professor recebe título de doutor 


Postado por Estela Capra em 29/05/2017



   DP/ADAP - 1º semestre 2018

        09/02/2018


   Horário de atendimento das FIJ

        06/02/2018


   Integradas firma parceria internacional

        05/02/2018


   Psicologia das FIJ ajuda candidatos em competição

        23/01/2018


   Faculdades Integradas têm vestibular agendado no dia 16

        15/01/2018



O professor das Faculdades Integradas de Jaú, Paulo Fernando do Nascimento Afonso, defendeu sua tese de doutorado com tema “Avaliação econômica de plantio de cana-de-açúcar na região de Jaú”, na semana passada, dia 24 de maio, na Universidade Estadual Paulista (Unesp), campus de Botucatu.

 

A pesquisa, inédita para o setor, analisou economicamente o ciclo da formação do canavial, a formação de viveiros e os vários sistemas de plantio, incluindo novas tecnologias como o transplantio.

 

Participaram do trabalho a professora do departamento de economia da Unesp, Maura Esperancini, e o pesquisador da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta), Glauber Gava.

 

Paulo pretende continuar a pesquisa e iniciar o pós-doutorado. “Tenho interesse de comparar outras tecnologias ainda”. Paulo Afonso é professor dos cursos de Administração, Ciências Contábeis e Publicidade e Propaganda nas FIJ.