Faculdades Integradas recebem debate entre cinco candidatos


Postado por Estela Capra em 26/09/2016


Proponentes discutem projetos para Jaú

Aconteceu no último sábado, dia 24, no anfiteatro da Fundação Educacional Dr. Raul Bauab, o debate eleitoral entre os candidatos a prefeito de Jaú. O evento, que começou por volta das 18h, foi promovido pelo jornal Comércio do Jahu e pelo curso de Comunicação Social das Faculdades Integradas de Jaú.

Dos seis candidatos a prefeitura, somente Ivan Cassaro não compareceu ao encontro que reuniu cerca de 80 pessoas entre convidados dos postulantes, representantes de entidades da cidade e alunos.

O debate iniciou com os candidatos apresentando suas ideias e planos de governo. No segundo bloco, as perguntas foram feitas baseadas nos temas escolhidos por sorteio. No terceiro e quarto blocos, os concorrentes podiam fazer perguntas com temas livres. O último bloco foi deixado para os candidatos apresentarem suas considerações finais, expondo principais pontos que serão trabalhados durante cada governo.

Entre os assuntos levantados, o destaque foi para gestão da saúde, educação, verbas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), novo cemitério, obra no lago do Silvério, distrito de Potunduva, habitação, acessibilidade, drenagem urbana, empregos, casos de dengue e esporte.

Todos os candidatos parabenizaram a iniciativa e concordaram que é uma oportunidade do eleitor analisar as propostas de cada um. “Foi um debate muito bom, de alto nível, com divergências de propostas saudáveis para a democracia. O Comércio, as Faculdades Integradas e os colegas do curso de Jornalismo estão de parabéns”, analisa Rafael Agostini (PSB).

O candidato Lauro Pacheco do PSOL destacou o respeito entre os presentes. “Todos mostraram seus pensamentos e seus objetivos com respeito. Foi um debate muito bom, bem esclarecedor”, completa ele.

Já Edison Ladeira (PT) afirmou que não teve oportunidade de perguntar para quem gostaria. “Foi muito bom, mas infelizmente não consegui fazer perguntas para quem eu queria direcionar.” Os candidatos podiam escolher quem queriam para responder, mas este só poderia responder uma vez por bloco.

“Gostaria que fosse mais longo, queria ter perguntado mais ao prefeito, para contestar as inverdades que vem sendo ditas na campanha eleitoral”, afirma Maurício Murgel (Rede). Murgel complementa que eventos como este mostram a população outros ângulos para serem analisados antes que eles decidam em quem votar.

De acordo com o candidato Paulo de Tarso (PHS), o debate é importante para que as pessoas possam avaliar seus candidatos. “Todo político precisa de uma vitrine e aqui nos encontramos uma vitrine democrática. É necessário suscitar nas pessoas o compromisso e a responsabilidade quanto ao voto.”

A aluna do 4º ano do curso de Jornalismo, Kétlen Manzoni, ressalta que além da oportunidade de conhecer melhor os candidatos, o evento é de grande valia para a faculdade. “Achei muito legal. Foi transmitido ao vivo, isso divulga o nome da faculdade e do nosso curso.”

O debate foi transmito ao vivo pelo Facebook do jornal e está disponível na íntegra com tradução simultânea na Língua Brasileira de Sinais no canal da Fundação Educacional Dr. Raul Bauab e do Comércio do Jahu.

Para assistir ao debate, clique aqui. 




Faculdades Integradas recebem debate entre cinco candidatos


Postado por Estela Capra em 26/09/2016


Proponentes discutem projetos para Jaú

Aconteceu no último sábado, dia 24, no anfiteatro da Fundação Educacional Dr. Raul Bauab, o debate eleitoral entre os candidatos a prefeito de Jaú. O evento, que começou por volta das 18h, foi promovido pelo jornal Comércio do Jahu e pelo curso de Comunicação Social das Faculdades Integradas de Jaú.

Dos seis candidatos a prefeitura, somente Ivan Cassaro não compareceu ao encontro que reuniu cerca de 80 pessoas entre convidados dos postulantes, representantes de entidades da cidade e alunos.

O debate iniciou com os candidatos apresentando suas ideias e planos de governo. No segundo bloco, as perguntas foram feitas baseadas nos temas escolhidos por sorteio. No terceiro e quarto blocos, os concorrentes podiam fazer perguntas com temas livres. O último bloco foi deixado para os candidatos apresentarem suas considerações finais, expondo principais pontos que serão trabalhados durante cada governo.

Entre os assuntos levantados, o destaque foi para gestão da saúde, educação, verbas do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), novo cemitério, obra no lago do Silvério, distrito de Potunduva, habitação, acessibilidade, drenagem urbana, empregos, casos de dengue e esporte.

Todos os candidatos parabenizaram a iniciativa e concordaram que é uma oportunidade do eleitor analisar as propostas de cada um. “Foi um debate muito bom, de alto nível, com divergências de propostas saudáveis para a democracia. O Comércio, as Faculdades Integradas e os colegas do curso de Jornalismo estão de parabéns”, analisa Rafael Agostini (PSB).

O candidato Lauro Pacheco do PSOL destacou o respeito entre os presentes. “Todos mostraram seus pensamentos e seus objetivos com respeito. Foi um debate muito bom, bem esclarecedor”, completa ele.

Já Edison Ladeira (PT) afirmou que não teve oportunidade de perguntar para quem gostaria. “Foi muito bom, mas infelizmente não consegui fazer perguntas para quem eu queria direcionar.” Os candidatos podiam escolher quem queriam para responder, mas este só poderia responder uma vez por bloco.

“Gostaria que fosse mais longo, queria ter perguntado mais ao prefeito, para contestar as inverdades que vem sendo ditas na campanha eleitoral”, afirma Maurício Murgel (Rede). Murgel complementa que eventos como este mostram a população outros ângulos para serem analisados antes que eles decidam em quem votar.

De acordo com o candidato Paulo de Tarso (PHS), o debate é importante para que as pessoas possam avaliar seus candidatos. “Todo político precisa de uma vitrine e aqui nos encontramos uma vitrine democrática. É necessário suscitar nas pessoas o compromisso e a responsabilidade quanto ao voto.”

A aluna do 4º ano do curso de Jornalismo, Kétlen Manzoni, ressalta que além da oportunidade de conhecer melhor os candidatos, o evento é de grande valia para a faculdade. “Achei muito legal. Foi transmitido ao vivo, isso divulga o nome da faculdade e do nosso curso.”

O debate foi transmito ao vivo pelo Facebook do jornal e está disponível na íntegra com tradução simultânea na Língua Brasileira de Sinais no canal da Fundação Educacional Dr. Raul Bauab e do Comércio do Jahu.

Para assistir ao debate, clique aqui.