Universitários entregam fraldas arrecadadas em trote


Postado por Estela Capra em 19/03/2017


Alunos do curso de Psicologia das Faculdades Integradas de Jaú visitaram no último sábado, dia 18, o ex-aluno Rodrigo Pereira Lopes para entregar os materiais arrecadados no trote solidário. Cerca de 70 pacotes de fraldas foram doados à família para auxiliar na recuperação do psicólogo que sofreu um grave acidente em agosto de 2016.

Ana Gabriela Salviato, uma das idealizadoras da campanha, ficou sabendo do caso pela página do Facebook “Acorda Guerreiro – Rodrigo”. Ela entrou em contato com a administradora da fanpage e identificou que a família do ex-aluno precisava de ajuda. “Eu acabei me comovendo com a história do Rodrigo pois meu cunhado sofreu há três anos um acidente e ficou na mesma situação dele. Então tive a ideia de conversar com meus colegas representantes de sala para que o nosso trote solidário com o primeiro ano fosse em prol ao Rodrigo. Conversei com o Marcel e ele também apoiou a ideia”, conta ela.

Rodrigo está em coma desde o acidente e a família busca ajuda para arcar com os materiais necessários como fraldas, alimentação específica para sonda e injeção antitrombose, além das sessões de fisioterapia, terapia ocupacional e fonoaudiologia. De acordo com a esposa de Rodrigo, Fernanda Hernandes, a doação foi muito importante e vai ajudá-la por dois meses.

“O fantasma do trote, em que só há bagunça, foi quebrado com esse gesto de solidariedade. O que de início parecia ser simplesmente uma entrega de fraldas na casa de um acidentado tornou-se mágico. Houve troca de energias, não houve piedade, e sim, fé e esperança.”




Universitários entregam fraldas arrecadadas em trote


Postado por Estela Capra em 19/03/2017


Alunos do curso de Psicologia das Faculdades Integradas de Jaú visitaram no último sábado, dia 18, o ex-aluno Rodrigo Pereira Lopes para entregar os materiais arrecadados no trote solidário. Cerca de 70 pacotes de fraldas foram doados à família para auxiliar na recuperação do psicólogo que sofreu um grave acidente em agosto de 2016.

Ana Gabriela Salviato, uma das idealizadoras da campanha, ficou sabendo do caso pela página do Facebook “Acorda Guerreiro – Rodrigo”. Ela entrou em contato com a administradora da fanpage e identificou que a família do ex-aluno precisava de ajuda. “Eu acabei me comovendo com a história do Rodrigo pois meu cunhado sofreu há três anos um acidente e ficou na mesma situação dele. Então tive a ideia de conversar com meus colegas representantes de sala para que o nosso trote solidário com o primeiro ano fosse em prol ao Rodrigo. Conversei com o Marcel e ele também apoiou a ideia”, conta ela.

Rodrigo está em coma desde o acidente e a família busca ajuda para arcar com os materiais necessários como fraldas, alimentação específica para sonda e injeção antitrombose, além das sessões de fisioterapia, terapia ocupacional e fonoaudiologia. De acordo com a esposa de Rodrigo, Fernanda Hernandes, a doação foi muito importante e vai ajudá-la por dois meses.

“O fantasma do trote, em que só há bagunça, foi quebrado com esse gesto de solidariedade. O que de início parecia ser simplesmente uma entrega de fraldas na casa de um acidentado tornou-se mágico. Houve troca de energias, não houve piedade, e sim, fé e esperança.”