Obras Literárias será aberto para escolas de toda a cidade


Postado por Estela Capra em 03/04/2017


As Faculdades Integradas de Jaú promovem a partir de 8 de abril a 2ª edição do projeto Obras Literárias, que tem como objetivo discutir os principais títulos cobrados nos vestibulares. Alunos de Letras, supervisionados pelos professores, ministram as aulas aos sábados, das 9h às 11h.

O projeto é voltado para alunos de escolas públicas e privadas do ensino médio e adultos matriculados no ensino médio da Educação de Jovens e Adultos (EJA). As inscrições podem ser feitas pelo site da instituição. No primeiro dia, a obra Iracema, de José de Alencar, será analisada pelos estudantes.

De acordo com o coordenador do curso de Letras e Pedagogia, Wanderlei Gabini, o projeto realizado no ano passado foi experimental, com algumas escolas da cidade, e apresentou resultados positivos. “O projeto auxiliou no aprendizado da vivência da sala de aula dos nossos alunos e no desenvolvimento dos participantes. Devido a este saldo positivo, a intenção é ampliar o atendimento e envolver mais estudantes de outras escolas.”




Obras Literárias será aberto para escolas de toda a cidade


Postado por Estela Capra em 03/04/2017


As Faculdades Integradas de Jaú promovem a partir de 8 de abril a 2ª edição do projeto Obras Literárias, que tem como objetivo discutir os principais títulos cobrados nos vestibulares. Alunos de Letras, supervisionados pelos professores, ministram as aulas aos sábados, das 9h às 11h.

O projeto é voltado para alunos de escolas públicas e privadas do ensino médio e adultos matriculados no ensino médio da Educação de Jovens e Adultos (EJA). As inscrições podem ser feitas pelo site da instituição. No primeiro dia, a obra Iracema, de José de Alencar, será analisada pelos estudantes.

De acordo com o coordenador do curso de Letras e Pedagogia, Wanderlei Gabini, o projeto realizado no ano passado foi experimental, com algumas escolas da cidade, e apresentou resultados positivos. “O projeto auxiliou no aprendizado da vivência da sala de aula dos nossos alunos e no desenvolvimento dos participantes. Devido a este saldo positivo, a intenção é ampliar o atendimento e envolver mais estudantes de outras escolas.”