Urgência e Emergência




O curso de pós-graduação lato sensu “Urgência e Emergência” capacita os profissionais a atuar com agilidade e abordagem human?izada no atendimento de pacientes adultos, pediátric?os e idosos em situações de emergência e urgência, tanto no pré-hospitalar quanto no intra-hospitalar.

O curso vem atender a nova demanda do mercado, que tem passado por mudança do perfil dos usuários.

Seguindo a Política Nacional de Atenção às Urgências do Ministério da Saúde, o perfil de usuários tem passado por modificações, e cada vez mais pacientes graves procuram atendimentos. Os serviços atendem situações de urgência e emergência de todas faixas etárias, o que requer enfermeiros altamente qualificados para atender adultos, crianças e idosos.

 

Público-alvo: enfermeiros

Exigências para matrícula: Cópia do RG e CPF • cópia da certidão de nascimento ou de casamento • cópia do diploma ou certificado de conclusão de curso • cópia do histórico escolar • 2 fotos 3X4 • Curriculum Vittae simples.


Estrutura Curricular

Políticas públicas: Saúde em urgência e emergência

Conhecimento das políticas de UE e do gerenciamento da assistência de enfermagem em UE; Planejamento em UE, com o objetivo de conhecer as políticas públicas de UE, planejar e organizar o serviço de urgência e emergência e avaliar a atenção às urgências e emergências em média e alta complexidade.

 

Ética, legislação e humanização em serviço de Urgência e Emergência.

Ética e Bioética: diferenciação, conceituação e aplicabilidade no contexto das práticas do exercício profissional. Código de Ética de Enfermagem: Análise e reflexão. Considerações acerca dos dilemas ético-legais. Bioética em situações de urgência/emergência: limites e prioridades. Comitês de Bioética. Reprodução e Bioética. Responsabilidade profissional e civil à luz da legislação brasileira e humanização da assistência.

 

Urgências clínicas. Protocolo de avaliação de risco

Pretende contribuir para o esclarecimento sobre aspectos referentes ao gerenciamento de risco nos hospitais e seus reflexos nos serviços de urgência e emergência, em termos de gestão e das práticas assistenciais dos mesmos.

 

Assistência de enfermagem em urgências e emergências obstétricas

Emergências cirúrgica: assistência integral e humanizada de enfermagem às urgências e emergências a pacientes cirúrgicos nos períodos pré, trans e pós-operatório; Emergências obstétricas; Gravidez ectópica (GE); Aborto; Descolamento Prematuro de Placenta (DPP) e Placenta Prévia (PP); Hipertensão induzida por gravidez (HIG); Parto; Distócias; Prolapso.

 

Assistência de enfermagem em urgências e emergências na saúde mental

Enfermagem em situações de urgência e emergência na clínica; Situações de emergência e urgência; As implicações psicossociais do cuidado; O controle da infecção; Reanimação e monitoração; Reanimação; Ventilação mecânica; Monitoração hemodinâmica, da pressão intracraniana e cardíaca contínua; Manejo da dor; Emergências cardiovasculares; Angina e Infarto Agudo do Miocárdio (IAM); Diagnosticando o enfarto; Hipertensão Arterial (HAS); Edema Agudo de Pulmão (EAP); Agravos renais; Outros distúrbios; Glicêmicos; Hidroeletrolítico; Crise Tireotóxica; Convulsões; Coma; Arritmia cardíaca na urgência; Atenção ao paciente crítico/gravemente enfermo – foco na faixa etária infantil; Saúde mental; Transtornos mentais e estresse; As portas de urgência e emergências para saúde mental; Intervenção em crise; Pacientes com tentativa e ideação suicida; Pacientes com transtornos psicóticos; Pacientes com agitação psicomotora e agressividade

 

Assistência de enfermagem em urgências e emergências pediátricas

Características especiais dos doentes pediátricos. Via aérea: avaliação e tratamento. Respiração: avaliação e tratamento. Circulação e choque: avaliação e tratamento. Trauma torácico, abdominal e crânio-encefálico. Lesão de medula espinhal. Trauma musculoesquelético. A criança espancada e vítima de abuso.

 

Assistência de enfermagem nas Urgências e emergências no trauma

Conhecimento sobre anatomia e fisiologia do tórax, abdome, coluna e sistema nervoso;

Traumatismo de tórax; Hemotórax; Pneumotórax; Traumatismos intra-abdominais; Trauma abdominal penetrante ou trauma aberto; Trauma abdominal contuso ou trauma fechado; Fratura, entorces e luxações.

 

Assistência geral ao paciente crítico

Instrumentalizar os discentes quanto ao exame físico, semiologia e Semiotécnica, farmacologia aplicada às situações de urgência e emergência, métodos diagnósticos por imagem e monitorização do paciente nas unidades de urgência e emergência.

 

Avaliação e monitorização do paciente crítico.

Apresenta atendimento de qualidade, com resolutividade, porém, com atenção aos custos crescentes da assistência à saúde e a necessidade de dados precisos sobre gravidade e prognóstico, possibilitando a tomada de decisões precisas por parte dos familiares e equipe de saúde. Salienta a gravidade do estado clínico , sendo esta a principal característica de um paciente internado em UTI, e a mensuração dessa gravidade é um desafio constante.

 

SAE de enfermagem em urgência e emergência

Processo de enfermagem, os diagnósticos conforme as taxonomias NIC, NOC e NANDA I e II. Promover atualização de exame físico. Sistematização da Assistência de Enfermagem às vitimas especiais (tais como gestantes, neonatos, idosos, toxico-dependência e doenças mentais, síndrome da criança espancadaa sexual, vítimas de violênc as mulheres adultos e infantis em situações de risco individuais ou coletivos, inclusive em grandes catástrofes com atendimento extra e intra-hospitalar, com objetivo de firmar protocolos que garantam a continuidade da assistência baseada em evidência.

 

Metodologia do trabalho científico

Métodos de pesquisas utilizadas em Saúde Coletiva. Tipos de pesquisa, métodos qualitativos e quantitativos. Método epidemiológico. A pesquisa em Ciências Sociais aplicadas à Saúde. Acompanhamento da elaboração do Artigo Científico , seguindo as regras metodológicas de desenvolvimento e posterior apresentação na forma de Banner, para banca examinadora previamente estabelecida.

 

Gestão clínica e do serviço de enfermagem em urgência e emergência

Instrumentalizar o discente nas melhores práticas de gestão na atenção às urgências. Desenvolver o pensamento sistêmico e articulado em redes de atenção. Compreender o processo de trabalho em urgência e emergência a partir da prática dos trabalhadores/profissionais considerando o trabalho como produção da interação de saberes e práticas necessárias para o desenvolvimento das ações de saúde.

 

Controle de infecção e biossegurança

Legislação do CCIH; epidemiologia das infecções hospitalares, Vigilância Epidemiológica das infecções hospitalares mais incidentes em serviço de urgência e emergência, prevenção e controle das infecções hospitalares, métodos e proteção antiinfecciosa, isolamento e biossegurança, processamento de artigos e superfícies.

 

Informática aplicada a enfermagem

Introduz a cultura da informática e os seus conhecimentos gerais, tecnologia para coleta, processamento, armazenamento e comunicação de dados e informações. Apresenta os bancos de dados de saúde e de enfermagem. O uso da informática na área de saúde e na enfermagem. Programas. Internet. Intranet.

 

Farmacologia: toxicologia e ação dos medicamentos utilizados em Urgência e Emergência

Aplicação do método farmacológico-clínico à decisão terapêutica, estendendo os conteúdos ministrados na disciplina Farmacologia para a prática clínica, desenvolvendo assim as habilidades e competências necessárias para as atividades relacionadas ao uso racional de medicamentos. Aborda a prevenção e o diagnóstico da intoxicação humana por substâncias químicas presentes no ar, na água, nos alimentos ou empregadas como medicamentos.









Fique por Dentro


 Titulação

Especialista

 Duração / Semestres

360 horas

 Período

aulas quinzenais aos sábados

 Investimento

18x R$ 279,00


 Coordenador

n/a

 Corpo Docente

Clique para Abrir


* Valores de investimento considerando o pagamento até o 5º dia útil para cursos de graduação