Faculdade promove Universidade Cidadã especial


Postado por Estela Capra em 07/03/2017


As Faculdades Integradas de Jaú realizam no dia 11 de março o projeto Universidade Cidadã na Praça da República (Jardim de Baixo). O evento, com início às 9h, será em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 8, e contará com o lançamento da 2ª turma das Promotoras Legais Populares e do coletivo feminista Labrys organizado por alunas da faculdade. As inscrições para o curso já poderão ser realizadas no local.

Para a diretora das Faculdades Integradas de Jaú Nathália Issa Vieira, é importante discutir sobre a luta das mulheres pelo seu espaço. “Ser feminista não significa ser contrário aos direitos dos homens nem defender uma superioridade da mulher. Todos nós, homens e mulheres, precisamos assumir a postura feminista, ou seja, uma postura de defesa dos direitos das mulheres e de luta por um espaço equânime na sociedade.”

Além disso, haverá aulas de ioga e dança, atendimento jurídico e psicopedagógico e serviços estéticos como corte de cabelo, manicure e sobrancelha gratuitamente. O Sebrae Móvel também estará presente para atender ao público orientando quem já tem ou deseja investir em um pequeno negócio.

Alunos dos cursos de Enfermagem e Educação Física realizarão atividades em parceria com a Santa Casa de Jaú em apoio ao Dia Mundial do Rim (10). Os estudantes verificarão pressão e glicemia capilar e farão avaliações físicas. O evento segue até as 15h.

Promotoras Legais Populares

O projeto iniciou no ano passado nas Faculdades Integradas de Jaú, coordenado pela professora Grasiela Lima, em parceria com a Câmara de Jaú, a Casa Rosa, a Defensoria Pública, a OAB Jaú e a Escola de Defensoria Pública (Edepe). Mais de 40 mulheres se formaram na primeira turma do curso.

O projeto oferece capacitação sobre direitos, defesa da cidadania e mediação de conflitos em comunidades com aulas ministradas por professores da faculdade, advogados e defensores públicos de Jaú. As alunas visitaram instituições de atendimento à mulher e de promoção da cidadania e vivenciaram a prática das organizações. A previsão é que o curso inicie em abril.

Labrys

O coletivo feminista foi criado neste ano e conta com a participação de alunas de vários cursos da faculdade. O movimento foi idealizado pelas alunas do 4º ano de Publicidade e Propaganda Danielly Resaffe e Jenifer Cerdas com o objetivo de desmistificar o movimento feminista.

“Dentro do âmbito acadêmico é importante ter um movimento, pois a comunidade em sua maioria é jovem e em processo de evolução intelectual”, conta Danielly.

O coletivo terá reuniões semanais para discussões sobre questões acerca da mulher e, uma vez por mês, será aberto para a participação dos homens. Os encontros serão às quartas-feiras, no horário do intervalo.




Faculdade promove Universidade Cidadã especial


Postado por Estela Capra em 07/03/2017


As Faculdades Integradas de Jaú realizam no dia 11 de março o projeto Universidade Cidadã na Praça da República (Jardim de Baixo). O evento, com início às 9h, será em comemoração ao Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 8, e contará com o lançamento da 2ª turma das Promotoras Legais Populares e do coletivo feminista Labrys organizado por alunas da faculdade. As inscrições para o curso já poderão ser realizadas no local.

Para a diretora das Faculdades Integradas de Jaú Nathália Issa Vieira, é importante discutir sobre a luta das mulheres pelo seu espaço. “Ser feminista não significa ser contrário aos direitos dos homens nem defender uma superioridade da mulher. Todos nós, homens e mulheres, precisamos assumir a postura feminista, ou seja, uma postura de defesa dos direitos das mulheres e de luta por um espaço equânime na sociedade.”

Além disso, haverá aulas de ioga e dança, atendimento jurídico e psicopedagógico e serviços estéticos como corte de cabelo, manicure e sobrancelha gratuitamente. O Sebrae Móvel também estará presente para atender ao público orientando quem já tem ou deseja investir em um pequeno negócio.

Alunos dos cursos de Enfermagem e Educação Física realizarão atividades em parceria com a Santa Casa de Jaú em apoio ao Dia Mundial do Rim (10). Os estudantes verificarão pressão e glicemia capilar e farão avaliações físicas. O evento segue até as 15h.

Promotoras Legais Populares

O projeto iniciou no ano passado nas Faculdades Integradas de Jaú, coordenado pela professora Grasiela Lima, em parceria com a Câmara de Jaú, a Casa Rosa, a Defensoria Pública, a OAB Jaú e a Escola de Defensoria Pública (Edepe). Mais de 40 mulheres se formaram na primeira turma do curso.

O projeto oferece capacitação sobre direitos, defesa da cidadania e mediação de conflitos em comunidades com aulas ministradas por professores da faculdade, advogados e defensores públicos de Jaú. As alunas visitaram instituições de atendimento à mulher e de promoção da cidadania e vivenciaram a prática das organizações. A previsão é que o curso inicie em abril.

Labrys

O coletivo feminista foi criado neste ano e conta com a participação de alunas de vários cursos da faculdade. O movimento foi idealizado pelas alunas do 4º ano de Publicidade e Propaganda Danielly Resaffe e Jenifer Cerdas com o objetivo de desmistificar o movimento feminista.

“Dentro do âmbito acadêmico é importante ter um movimento, pois a comunidade em sua maioria é jovem e em processo de evolução intelectual”, conta Danielly.

O coletivo terá reuniões semanais para discussões sobre questões acerca da mulher e, uma vez por mês, será aberto para a participação dos homens. Os encontros serão às quartas-feiras, no horário do intervalo.