Promotoras Legais Populares reúne mais de 40 mulheres


Postado por Estela Capra em 23/06/2017



   Alunas de enfermagem passam em concurso da Famesp

        22/10/2018


   Nota de falecimento

        22/10/2018


   Jornada de biomedicina

        22/10/2018


   Projeto da Fundação atende 130 alunos

        21/10/2018


   Enfermagem das FIJ promovem ações no Outubro Rosa

        19/10/2018



Começou no dia 20 de maio a 2ª turma do curso Promotoras Legais Populares nas Faculdades Integradas de Jaú. O projeto tem o objetivo de capacitar mulheres sobre direitos e deveres para a ação comunitária e é realizado em parceria com outros órgãos da cidade. Cerca de 45 mulheres participam do curso que acontece aos sábados, das 9h às 12h.

 

No primeiro dia, a coordenadora do curso Grasiela Lima apresentou o projeto às alunas ao lado de promotoras formadas na primeira turma, da diretora das FIJ, Nathália Issa Vieira, e representantes de instituições parceiras. O grupo já teve três aulas e discutiram movimentos sociais, gêneros, raças, noções de Estado e Justiça e Direito.

 

A Câmara Municipal de Jaú, o Centro de Referência e Atenção à Mulher (Casa Rosa), a Comissão da Mulher Advogada (OAB), a Defensoria Pública e o Núcleo de Enfrentamento à Violência contra a Mulher (Ministério Público) também contribuem com a iniciativa. As aulas param no dia 1º de julho e retornam dia 5 de agosto.

 




Promotoras Legais Populares reúne mais de 40 mulheres


Postado por Estela Capra em 23/06/2017



   Alunas de enfermagem passam em concurso da Famesp

        22/10/2018


   Nota de falecimento

        22/10/2018


   Jornada de biomedicina

        22/10/2018


   Projeto da Fundação atende 130 alunos

        21/10/2018


   Enfermagem das FIJ promovem ações no Outubro Rosa

        19/10/2018



Começou no dia 20 de maio a 2ª turma do curso Promotoras Legais Populares nas Faculdades Integradas de Jaú. O projeto tem o objetivo de capacitar mulheres sobre direitos e deveres para a ação comunitária e é realizado em parceria com outros órgãos da cidade. Cerca de 45 mulheres participam do curso que acontece aos sábados, das 9h às 12h.

 

No primeiro dia, a coordenadora do curso Grasiela Lima apresentou o projeto às alunas ao lado de promotoras formadas na primeira turma, da diretora das FIJ, Nathália Issa Vieira, e representantes de instituições parceiras. O grupo já teve três aulas e discutiram movimentos sociais, gêneros, raças, noções de Estado e Justiça e Direito.

 

A Câmara Municipal de Jaú, o Centro de Referência e Atenção à Mulher (Casa Rosa), a Comissão da Mulher Advogada (OAB), a Defensoria Pública e o Núcleo de Enfrentamento à Violência contra a Mulher (Ministério Público) também contribuem com a iniciativa. As aulas param no dia 1º de julho e retornam dia 5 de agosto.